Cílios postiços: confira nossas dicas para te ajudar na escolha e cuidados no uso

Cílios alongados, pigmentados ou postiços. De muitas maneiras, o que antes era destacado apenas por uma boa máscara, hoje ganha uma atenção especial. 

Com tantas opções no mercado, como escolher o produto ideal, que seja fácil de cuidar e que não agrida essa região tão sensível, que é a área dos olhos? Acompanhe algumas dicas que separamos para te ajudar a tomar essa decisão:

Qual o melhor modelo?

Para quem não é profissional e vai comprar seu primeiro par de cílios postiços, a dica é optar por modelos mais versáteis e discretos, que possam ser usados tanto no dia a dia, quanto em ocasiões que peçam uma maquiagem mais pesada.

Modelos com cerdas cruzadas e finas, com base transparente, são coringas: eles oferecem um aspecto bastante natural e podem ser usados em qualquer ocasião. Vale salientar que a cola transparente também é um ponto importante quando estamos falando em versatilidade e praticidade para quem não tem muita experiência na hora de colar os cílios no lugar.

Se você está buscando um modelo ideal para uma maquiagem de efeito, uma composição de festa por exemplo, pode apostar suas fichas nos modelos mais densos e volumosos, com cerdas bem pigmentadas e base preta, criando um olhar mais produzido e destacado.

Entender a composição dos cílios e das colas é importante, principalmente porque a região dos olhos é muito sensível.  

A maior parte dos cílios postiços é feito de materiais sintéticos, mas grandes marcas como a Kiss NY, por exemplo, utilizam fios naturais em alguns modelos da sua linha premium. 

As bases também são produzidas em materiais sintéticos e podem ser de nylon, linha ou plástico. 

Quanto às colas, a mais famosa por manter os cílios no lugar e agredir menos a região, são as feitas a base de látex, como as colas da DUO ADHESIVE.  Algumas marcas utilizam cianoacrilato – um tipo de superbonder – o que pode deixar o processo de remoção mais difícil, portanto sempre utilize um removedor de cola para cílios ou um demaquilante apropriado.

Manutenção e reutilização dos produtos.

Quando estamos falando em cerdas e bases sintéticas, a manutenção é bastante simples e é possível reutilizar seus cílios entre 7 a 10 vezes. Além disso, você pode maximizar a vida útil do produto seguindo essas dicas:

  • Sempre aplique máscara para cílios nos seus cílios naturais antes de colar os cílios postiços: depositar diversas camadas de produto sobre cílios postiços diminui a durabilidade e deixa o material das cerdas mais pesado, dificultando a reaplicação. 
  • Após o uso, remova todo excesso de cola que ficar na base dos cílios postiços: a cola sai dos cílios postiços com facilidade, é só puxar. Deixar restos de cola ou maquiagem na base causa acúmulo de umidade, consequentemente a proliferação de bactérias e degradação dos materiais.
  • Não use demaquilantes a base de óleo para limpeza dos cílios postiços: sabemos que para a limpeza da pele, os demaquilantes a base de óleo são os mais indicados, mas quando falamos em materiais sintéticos, onde não há absorção dos resíduos de óleo, os cílios ficam pesados e perdem o formato.
  • Mantenha seus cílios postiços guardados na caixa apropriada: armazenar os cílios na caixa de origem conserva a curvatura natural e protege as cerdas. Mantê-los na caixa também ajuda a evitar que eles entrem em contato com resíduos do ambiente, que podem causar irritações.
  • Cuidado com o calor ou radiação (exames de ressonância ou raio X): jamais utilize o curvex aquecido ou secador de cabelos nos cílios já aplicados. Por se tratar de produto sintético e algumas vezes com metal na composição, seus cílios podem derreter, causando queimaduras graves.

Lembre-se sempre de checar se existe algum componente que possa lhe causar alergias e em caso de dúvidas procure um profissional habilitado.

Na Spasso você encontra uma diversidade enorme de produtos e pode comprar sem sair de casa, através do nosso Delivery.